domingo, 29 de junho de 2014

Projeto de expansão de Mônaco sobre o mar


Mônaco quer expandir seu território sobre o mar Mediterrâneo





Um megaprojecto de Mônaco vai roubar ao mar 350 mil metros quadrados para ampliar a superfície urbanizável. Nesse espaço nascerá uma nova cidade ecológica.

O príncipe Alberto II acabou de lançar o mais ambicioso projeto urbanístico da história de Mônaco, e um dos mais ambiciosos da história da construção de luxo da nossa civilização: construir no principado uma nova cidade, um novo "bairro" residencial aquático e parcialmente submarino, ecológico, destinado a negócios cosmopolitas, ao ócio e ao ultra luxo.

Para este megaprojecto imobiliário o Mônaco vai roubar ao Mediterrâneo entre 300 mil e 350 mil metros quadrados, uma superfície considerável para um Estado que tem apenas dois quilômetros quadrados de superfície.

Os primeiros projetos apresentados a uma certa elite da arquitectura e do urbanismo mundial datam de 2007 e 2008. Mas com o estalar da crise financeira os trabalhos foram repentinamente interrompidos. O príncipe Alberto desejava e deseja que o novo Mônaco do século XXI tenha um duplo financiamento, público e privado.

Depois de cinco anos de espera, os conselheiros financeiros do príncipe, em Paris, Londres e Nova Iorque, consideram que chegou o momento de realizar o projecto de extensão do Mônaco. Assim, até final de julho vários construtores internacionais serão convidados a apostar no projecto.

Barcos de luxo são vistos em Mônaco em22 de setembro de 2012 (Foto: Eric Gaillard/Reuters)

Você também poderá gostar de :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...